Buscar

O que é Prática Integrativa e Complementar em Saúde (PICS)?

As Práticas Integrativas e Complementares (PICS) são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais para a prevenção de diversas doenças, como depressão e hipertensão, além de serem usadas como tratamento paliativo em certas doenças crônicas.


Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza 29 procedimentos médicos completos e complementares (PICS) à rede pública de forma completa e gratuita. O atendimento começa na atenção básica, que é a principal porta de entrada do SUS.


Essas práticas são reconhecidas pelo Sistema Único de Saúde por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS (PNPIC). Os procedimentos reconhecidos são: Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura, Medicina Antroposófica, Homeopatia, Plantas Medicinais e Fitoterapia, Termalismo Social/Crenoterapia, Arteterapia, Ayurveda, Biodança, Dança Circular, Meditação, Musicoterapia, Naturopatia, Osteopatia, Quiropraxia, Reflexoterapia, Reiki, Shantala, Terapia Comunitária Integrativa, Yoga, Apiterapia, Aromaterapia, Bioenergética, Constelação familiar, Cromoterapia, Geoterapia, Hipnoterapia, Imposição de mãos, Ozonioterapia e Terapia de Florais.


Estudos científicos mostram os benefícios do tratamento integrando a medicina tradicional e as práticas integrativas e complementares. Além disso, é crescente o número de profissionais qualificados e habilitados, além da valorização dos conhecimentos tradicionais, que originam grande parte dessas práticas.


Essas práticas são consideradas transversais - ações que atravessam diferentes ações e instâncias, complementares às práticas tradicionais – e podem estar presentes em todos os pontos da Rede de Atenção à Saúde, principalmente na Atenção Primária, pois, a partir dessas práticas, é possível ter uma visão ampliada do processo saúde/doença e da promoção global do cuidado humano, especialmente do autocuidado.


As PICS têm sido amplamente difundidas como profissão e como forma de prevenção do adoecimento e da promoção da saúde. Dessa forma, o atendimento não fica restrito às unidades básicas de saúde, sendo possível encontrar esses serviços nos CAPS (Centros de Atenção Psicossocial), nos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social), por intermédio do município, e em locais particulares.


Por ser um tratamento complementar e integrativo, as PICS atuam de maneira preventiva, reduzindo a dor, melhorando a qualidade do sono, diminuindo a tensão muscular, melhorando a imunidade e reduzindo do estresse. Na esfera psíquica, há uma importante função na redução da ansiedade e na melhora de quadros depressivos.




Instituto Fênix de Humanização